Festival

Primavera Sound gerou 18,5 milhões para a cidade

Primavera Sound gerou 18,5 milhões para a cidade

Cada festivaleiro deixou no recinto, em média, cerca de 100 euros e o Porto ganhou este ano 18,5 milhões de euros com o Nos Primavera Sound, que terminou no sábado.

As estimativa de receitas foram calculadas pelo Núcleo de investigação do ISAG - European Business School, que destaca ainda a afluência de público estrangeiro ao festival. Mais de 33 nacionalidades diferentes foram registadas: Os espanhóis estiveram em maioria (28,1%), seguidos pelos públicos inglês (14,1%), francês (12,8%) e italiano (10,1%).

A receita gerada para a cidade - os 18,5 milhões de euros - vem sobretudo do alojamento. Quem dormiu no Porto escolheu maioritariamente os hotéis. As dormidas em apartamentos vêm a seguir na lista das preferências, antes dos hostels.

Os gastos foram também divididos pela alimentação, visitas às caves de vinho do Porto, a museus, na animação noturna ou em compras em comércio local.

O Primavera Sound regressa em 2020, entre 11 e 13 de junho.