Artes/Etc

Sentimentos a flor da pele em concerto de Helder Bruno

Sentimentos a flor da pele em concerto de Helder Bruno

"Falar de sentimentos está fora de moda", mas é sobre eles que trata o álbum "A presença, serena e terna", do pianista Hélder Bruno. O músico atua esta sexta-feira, no Teatro Académico Gil Vicente (TAGV), em Coimbra, integrado na 20.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra. Ao JN, Hélder Pedro revela um pouco sobre a história do álbum e algumas surpresas do espetáculo.

Os sentimentos são cada vez mais relegados para segundo plano, mas "as pessoas têm necessidade de se sentirem vivas, o objetivo principal é levá-las a refletir sobre os afetos e sentimentos". Os afetos estão na base da produção cultural e devem ser relembrados em qualquer invenção ligada a cultura, acredita Hélder Bruno.

O conceito foi explorado pelo escritor português António Damásio no livro "A estranha ordem das coisas", lançado em 2017. "Fiquei muito feliz por ver que o autor também teve a mesma preocupação", explicou o pianista e compositor, confesso admirador do escritor detentor do prémio Autor Nacional, no âmbito do Prémio Autores 2018.

Sensibilidade ao extremo é o que não vai faltar no concerto desta sexta-feira à noite. "Não é apenas um concerto, são espetáculos dentro do espetáculo", revela o músico que sobe ao palco com várias participações especiais, entre as quais, Nuno Guerreiro, Mafalda Umbelino Camilo e Blossom Quartet, com a projeção de fotografias da fotógrafa Lieve Tobback.

"A fotografia é o olhar de quem a fotografa", explica Helder Bruno, que conheceu Lieve Tobback numa sessão fotográfica. A admiração pelo trabalho de Tobback levou o pianista a convidar a fotógrafa para criar um conjunto de imagens que integrassem o espetáculo. Cada momento musical será acompanhado por uma série de cinco a seis fotos, escolhidas propositadamente, de acordo com o ambiente sónico, salientou o músico.

Sendo um confesso apaixonado pela dança, o compositor deixa claro que esta não faltará no palco do Teatro Académico Gil Vicente. "A minha música é bastante coreográfica", explicou Helder Bruno. As músicas "Dança comigo uma última vez" e "Fairy Tale" serão interpretadas por duas bailarinas, uma delas Clara Carvalho, convidada para integrar o novo videoclip que o músico irá lançar nas próximas semanas.

O álbum "A presença, serena e terna" é composto por 12 peças para soprano, quarteto de cordas e piano, e conta com a participação especial de Nuno Guerreiro, na canção "Balada das Fadas", com poema de Fernando Pessoa (Hiemal, de 1917), Marito Marques (percussionista), Mafalda Camilo (soprano), Maria Kagan e Tünde Hadady (violinos), Rogério Monteiro (violad'arco) e Feodor Kolpashnikov (violoncelo).