Premium

Triunfo dos clássicos na edição de Coura 2019

Triunfo dos clássicos na edição de Coura 2019

Patti Smith foi rainha do festival e os New Order a "mão do rei". Suede fecharam com elegância. Khruangbin e Black Midi surpreenderam todos.

É impossível dizer que esta edição, ou qualquer outra, foi a melhor de sempre. Porque é impossível reduzir à objetividade a matéria emocional de que se faz a relação com os artistas e os concertos.

Com uma média de 25 mil pessoas por dia nos últimos anos, falamos de uma média de 25 mil subjetividades que viveram os cartazes de Paredes de Coura. E se a organização poderá guiar-se por dados objetivos (números, resultados, conclusões), já o "público" é a cabeça de cada um e a experiência que teve.