Sugestões

Vinhos: As inebriantes bolhinhas

Vinhos: As inebriantes bolhinhas

O que pode existir de mais inebriante e hipnotizante numa bebida do que um conjunto, ininterrupto e enganosamente desorganizado, de centenas de pequenas bolhas a subirem até à superfície e libertando-se numa explosão de fina espuma e aromas?

Os vinhos naturalmente gaseificados, conhecidos em Portugal como vinhos espumantes, ou seja, em que o gás natural que possuem é obtido através de uma segunda fermentação em garrafa (método clássico) ou depósito autoclave (método charmat) são, ainda hoje, algo desconhecidos para o consumidor. O processo para os produzir é confuso. E as designações que ostentam na rotulagem são pouco claras ou facilmente induzem em interpretações afastadas da realidade.

No entanto, a magia do conjunto desta bebida, com os seus aromas e sabores e as suas inigualáveis bolhinhas, é irresistível para a larga maioria dos amantes de vinho que decidem abrir o seu espírito de enófilo e
provar uma bebida que, depois de a compreender, dificilmente deixarão de lado.

O espumante, e aqui referindo-nos à multiplicidade que é produzida em Portugal (em larga maioria na Região Centro Norte do País - Bairrada e Varosa) é uma bebida versátil, atrativa, convivial e facilmente adaptada ao antes, durante e/ou após as refeições. Porque podemos encontrá-la em diversas variantes, que permitem uma escolha adaptada às necessidades de consumo. Sugerimos que abra o seu espírito e prove diferentes espumantes sem preconceitos, não limitando o seu consumo a uma data de celebração.

As oportunidades são imensas. Há espumantes nacionais elaborados por diferentes tecnologias, com mais ou menos estágio, elaborados com uma ou mais castas de uvas (brancas e/ou tintas). Mas há também
champanhes ou "crémants" com origem em França, "Francciacortas" ou "Proseccos" nascidos de Itália, e deliciosos espumantes brasileiros para deliciar os seus sentidos.

Uma das maneiras de fazermos cada vez melhor é sabermos o que os outros,tanto a nível nacional como mundial, estão a fazer.

Elpídio Superior Bairrada Bruto | Espumante São Domingos | 2013

Fonte do Ouro Dão Bruto | Boas Quintas | 2016

Todas os domingos, na edição impressa, o JN dá-lhe sugestões de Vinhos.

Imobusiness