O Jogo ao Vivo

Sugestões

Vinhos que casam com noite de verão

Vinhos que casam com noite de verão

Da península de Setúbal ao Douro, duas escolhas para temperar o calor da estação

Periquita Reserva | Península de Setúbal | 2017 | PVP: 8€

O Periquita Reserva de 2017 é um vinho com um perfil de modernidade que conjuga as castas touriga nacional e touriga franca com a castelão, tantas vezes incompreendida. São três castas portuguesas bem distintas e com tanto para oferecer a este blend.

A madeira bem presente com um lado fresco, abaunilhado e com referência de bolacha de manteiga, não se sobrepõe à fruta vermelha e preta - que não é sobre madura. Os taninos, bem integrados e em fase de crescimento, vão bem no presente mas certamente também no futuro. E ainda bem! É a estrutura que se exige, com a facilidade de a beber.

Chegando o verão, talvez apeteça mais um branco, mas bebido a uma temperatura de 13-14 graus. Este vinho casa na perfeição com um costeletão no churrasco e um bom molho barbecue ou com um prato de peixe mais elaborado.

Somnium Branco | 2017 | PVP.: 16,17

Noutro segmento, sabemos que os vinhos de vinhas velhas no Douro, ou de qualquer outra zona, têm sempre resultados surpreendentes. E sabemos que o Somnium branco tem rabigato, entre outras castas da região.

É pena produzirem tão pouco deste branco de corpo forte e profundo que não se deixa ficar apenas para acompanhar pratos simples ou de peixe, atreve-se a ir mais além. As barricas usadas, não necessariamente novas, a battonage e o estágio não marcaram tanto o lado aromático, mas sim a textura deste vinho.

Apesar do peso que transporta, deixa transparecer também a mineralidade das pedras. A ameixa-amarela, em particular a parte mais amarga junto ao caroço, dá-lhe garra, dando ainda que pensar no tempo que tem para dar mais.

Servido a uma temperatura de 10 graus, será a companhia perfeita para uma massada de tamboril, numa noite fresca de Verão..

Todos os domingos, na edição impressa, o JN dá-lhe sugestões de vinhos.