Entrevista

Wuant: "Quero lançar um novo livro e merchandising"

Wuant: "Quero lançar um novo livro e merchandising"

Paulo Borges, mais conhecido por Wuant, tem 21 anos e é um dos moradores da "casa dos youtubers". As marcas já lhe pagam para que crie conteúdos publicitários para o seu canal, que tem mais de dois milhões de subscritores.

Como é que o vosso público reage quando produzem conteúdos para as marcas?

Já reagiu pior. Aos poucos vão-se apercebendo que este é o nosso trabalho e, desde que faça sentido, apoiam-nos. E, para mim, tem sido uma experiência única, que me tem permitido fazer coisas que nunca pensei fazer.

Tens tido mais cuidado com o vocabulário. Porquê?

Sim, temos tido mais cuidado. Curiosamente, não é pelos pedidos dos pais, mas pelas novas regras do Youtube [que penaliza vocabulário impróprio].

Estavas à espera de mais de cinco milhões de visualizações na canção "Qualquer um faz"?

Ao lançar uma música sempre esperei alguma atenção, mas foi [um sucesso] meio inesperado.

Ponderas uma carreira musical?

Quero repetir a experiência. Quanto a uma carreira na música, é um caso a ver.

É fácil gerir a fama e alguma falta de privacidade?

A privacidade é algo escasso na nossa vida. Cada vez mais temos que nos habituar a ter pessoas a abordar-nos enquanto comemos ou quando estamos com a família. Sabemos que não fazem por mal, daí não levarmos muito a sério e entrarmos na brincadeira.

A tua vida mudou muito desde que entraste na casa?

Alterou-se mais na vida pessoal. Não estou tanto com a minha família, amigos e namorada.

Que projetos tens para o futuro?

Tenho muitos projetos e ideias, pô-los em prática pode ser mais difícil. Tenciono lançar um novo livro, merchandising e, eventualmente, mais música.

Dos vídeos online para o palco do Rock in Rio Lisboa

Os youtubers são as "estrelas rock" dos mais novos e o Rock in Rio criou um palco exclusivamente dedicado aos influenciadores digitais. O Digital Stage foi uma das novidades apresentadas na edição deste ano do Rock in Rio Brasil, que decorreu no mês passado, e é uma estreia que promete dar que falar na edição de 2018 em Lisboa. Os portugueses D4rkFrame e Windoh atuaram no Brasil e são os primeiros nomes confirmados para a edição lusa, que decorre nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho, no Parque da Bela Vista.

Para Windoh, conhecer quem o segue do outro lado do Atlântico foi uma experiência "fantástica". "Fomos muito bem recebidos pelos fãs do Brasil, de uma forma bastante emocional, até. Não estava nada à espera que tanta gente nos reconhecesse", confidencia. Ser anunciado como uma das atrações de um festival de música era algo que "nunca tinha imaginado", mas agora até admite aventurar-se na área da música, "este ano ou no próximo".

ver mais vídeos