O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Já começou a nascer a arte no Campus

Já começou a nascer a arte no Campus

Primeiros inquilinos contam como são os dias no Campus Paulo Cunha e Silva. Residências artísticas darão frutos em breve.

Malena Abarracín, Rogério Nuno Costa e a dupla Joana Von Mayer Trindade e Hugo Calhim Cristóvão são dos primeiros artistas a dar vida às instalações do Campus Paulo Cunha e Silva, o novo centro de residências artísticas e espaço de trabalho para as artes performativas do Porto. O JN acompanhou-os ao longo de um dia de criação.

O espaço abriu portas a 9 de junho na antiga escola EB José Gomes Ferreira, na Travessa dos Campos, no centro do Porto, com direção da equipa artística do Teatro Municipal do Porto, e pretende viabilizar a criação de uma forma mais sustentável, proporcionando um espaço e um tempo para os artistas, onde a experimentação e a criação de comunidade são fulcrais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG