Exclusivo

Jorge Sobrado: "Uma cidade patrimonial tem de ser mais do que um slogan"

Jorge Sobrado: "Uma cidade patrimonial tem de ser mais do que um slogan"

Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Viseu explica ao JN por que razão renuncia ao cargo a seis meses de distância do fim do mandato

Há quem aposte que Jorge Sobrado será ministro da Cultura, um dia. O vereador da Cultura de Viseu, que deixará de o ser a partir de dia 15 deste mês, garante que nunca ouviu "falar de tal" e acrescenta que no início do mandato ao qual agora renuncia teve um "susto": "Fui acometido imediatamente de uma sensação de culpa quando me li na imprensa como "autarca"".

Di-lo a rir, mas lamenta a "caricatura" que hoje se faz do poder local. E defende a "urgência de reabilitar a dignidade dessas funções".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG