Cultura

Justin Bieber sentiu-se mal no concerto de Londres

Justin Bieber sentiu-se mal no concerto de Londres

O cantor canadiano Justin Bieber, que atua segunda e terça-feira em Lisboa, teve de receber assistência médica num concerto realizado na quinta-feira em Londres, após ter sofrido tonturas e falta de ar durante o espetáculo.Veja o vídeo.

Durante o concerto, o músico de 19 anos deu sinais de estar a perder o fôlego e saiu do palco para ser examinado por uma equipa de emergência médica, divulgou a agência noticiosa britânica PA.

Posteriormente, a porta-voz do artista, Melissa Victor, confirmou à comunicação social que Bieber tinha sofrido tonturas e falta de ar e que tinha recebido oxigénio durante cerca de 20 minutos, tendo depois regressado ao palco.

Quando o cantor canadiano, que voltou a ser examinado por uma equipa médica no fim do concerto, saiu do palco, o agente do artista, Scooter Braun, tentou explicar ao público o que se estava a passar.

Segundo um vídeo partilhado na rede YouTube, Scooter Braun afirmou que os médicos tinham recomendado ao artista para não regressar ao palco, conselho que não foi seguido por Bieber, que acabaria por terminar o espetáculo.

"Justin perdeu o fôlego, estava a queixar-se durante o espetáculo e agora está a ser examinado por uma equipa de emergência médica e por um médico", afirma Braun, no vídeo divulgado na Internet.

"Talvez não dê tantos saltos. Têm de ser pacientes, não queremos ser desrespeitadores, não queremos que cheguem a casa tarde, estamos a tentar organizar um bom espetáculo para as pessoas que gostam dele", acrescentou Scooter Braun.

Segundo a agência PA, depois do concerto, Justin Bieber divulgou uma fotografia onde está aparentemente num hospital e uma mensagem de agradecimento aos fãs.

Os concertos de Bieber em Londres, quatro no total e todos esgotados, não estão a correr da melhor forma.

O artista, que está a realizar a digressão mundial "Believe", foi muito criticado na passada segunda-feira por ter começado um outro concerto com duas horas de atraso.

A situação gerou várias críticas entre o público de Bieber, a maioria menores de idade, e os respetivos pais. Muitas fãs, que moravam fora de Londres, tiveram de sair do concerto logo nas primeiras canções para apanharem transporte para as respetivas casas.

O artista arrisca-se a ter de pagar uma multa de cerca de 57 mil euros, por ter ultrapassado em 35 minutos o horário oficial de encerramento do recinto londrino, o O2 Arena (23:00).

Na rede social Twitter, muitos seguidores de Bieber questionaram se a suposta indisposição do artista não seria "uma manobra publicitária" para minimizar os efeitos do concerto de segunda-feira. O jovem justificou o atraso com problemas técnicos.

Justin Bieber atua pela primeira vez em Portugal na próxima segunda e terça-feira (dia 11 e 12 de março) no Pavilhão Atlântico, em Lisboa.