Cultura

Leonard Cohen vence Prémio Príncipe das Astúrias das Letras

Leonard Cohen vence Prémio Príncipe das Astúrias das Letras

O músico e poeta canadiano Leonard Cohen venceu o Prémio Príncipe das Astúrias das Letras de 2011, foi anunciado em Oviedo, esta quarta-feira.

Leonard Cohen, de 76 anos, era um dos finalistas ao galardão, ao lado da escritora canadiana Alice Munro e do romancista inglês Ian McEwan, e esteve também nomeado ao Prémio Príncipe das Astúrias das Artes deste ano.

Considerado um dos mais importantes nomes da música popular do século XX, Leonard Norman Cohen viu agora reconhecido o trabalho enquanto poeta e romancista, muito para lá da composição musical.

Nascido em Montreal a 21 de Setembro de 1934, Leonard Cohen é autor de músicas que versam sobre amor, espiritualidade, religião, numa toada de melancolia, cinismo e provocação.

Mas ainda antes de ser conhecido como escritor de canções, Leonard Cohen tinha já ambições literárias. "Let us compare mythologies", o primeiro livro de poesia, foi publicado em 1956, seguindo-se em 1963 o romance "O jogo favorito", editado em Portugal em 2010, e o de poesia "Flowers for Hitler" (1964).

Em Portugal estão também publicados "Filhos da Neve" e "O livro do desejo", que reúne poemas dispersos escritos ao longo dos últimos vinte anos, alguns dos quais durante um retiro budista de Cohen nos Estados Unidos e na Índia.

Alguns dos poemas desse livro foram adaptados para letras de canções, o que significa que para Cohen a composição musical e a literária se alimentam mutuamente.

"As suas canções revelam uma qualidade literária rara, no mundo da música popular, e a poesia e a prosa demonstram uma profunda musicalidade", sublinha a biografia oficial do músico.

Judeu e monge budista, criador de "Hallelujah", Leonard Cohen esteve 15 anos ausente dos palcos, tendo voltado a actuar em 2008, no âmbito de uma digressão internacional que o fez passar por Lisboa por três vezes, até 2010.

Os álbuns "Songs of Leonard Cohen" (1967), que inclui os temas "So long, Marianne" e "Sisters of Mercy", e "Songs of love and hate" (1971) são dois dos mais importantes da sua discografia.

O Prémio Príncipe das Astúrias das Letras tem um valor monetário de 50 mil euros e será entregue ao laureado, assim como aos vencedores nas outras categorias, em outubro em Oviedo, Espanha, pelo príncipe Filipe de Espanha.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG