leilão

Letra inédita de Bob Dylan pode render 35 mil euros

Letra inédita de Bob Dylan pode render 35 mil euros

Uma música inédita de Bob Dylan vai a leilão em junho deste ano depois de ter sido descoberta guardada numa gaveta na Suécia. "Go Away You Bomb" foi escrita em 1963 para uma campanha contra as armas nucleares e prevê-se agora que, em leilão, venha a atingir um valor entre 30 mil e 35 mil euros.

A letra de "Go Away You Bomb" foi escrita em 1963 por Bob Dylan para Israel "Izzy" Young, uma das emblemáticas personagens do folk americano. Young dirigia o Greenwich Village Folklore Centre, em Nova Iorque, por onde se moviam os cantores mais influentes da época. Escrita durante o período alto de protesto do cantor, enquanto trabalhava no álbum Freewheelin' Bob Dylan, quando as suas canções tinham um caráter mais político, calcula-se que a letra venha a render entre as 30 mil e 35 mil euros e vai ser leiloada pela Christie's em Londres a 26 de junho.A letra, que foi escrita numa máquina de escrever e corrigida à mão, apresenta um Dylan com o seu habitual humor mordaz e revoltado. A letra da música manifesta-se contra o uso de armas nucleares. "Pedi a toda a gente que conhecia para escrever uma música sobre a bomba nuclear", explicou Young à revista "Rolling Stone". "O Bob Dylan veio literalmente no dia seguinte e entregou-me esta (letra)".Young mudou-se, no início dos anos 70 para Estocolmo, esquecendo-se da letra da música, por mais de 50 anos, numa gaveta. Foi agora reencontrada vários anos depois. Todavia, devido a circunstâncias financeiras, Young vê-se, agora, obrigado a vender a letra. "A minha filha veio ter comigo e disse-me "Papá, estou farta que vivas de milagres. Tens que vender aquela música do Bob Dylan"", explicou Young. Dylan escreveu sobre Young numa canção de 1962, intitulada "Talking Folklore Centre", onde evidencia a importância do centro como um lugar onde músicos e autores se podiam juntar para partilhar inspirações e experiências. O músico procurou convencer Israel Young a ouvir alguns dos seus trabalhos e, convencido do seu talento, Young foi o responsável por organizar o primeiro concerto do cantor no Carnegie Centre, em Nova Iorque. Contudo, só compareceram 53 pessoas e Young acabou por perder dinheiro e Dylan recusou receber qualquer pagamento por isso. Como Young insistiu, Dylan acabou por receber um pagamento simbólico de 10 dólares. Atualmente, Young gere um centro em Estocolmo com características próximas do de Greenwich Village nos anos 60. Apesar das dificuldades económicas, Young acredita que o dinheiro ajudará a instituição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG