Cultura

Loja do Porto inspirada em Tintin

Loja do Porto inspirada em Tintin

Pertence à geração que cresceu com Tintin e, por isso, fizesse chuva ou sol, Alberto Gonçalves, enquanto adolescente, percorria tudo quanto era livraria e alfarrabista do Porto à procura da revista "Tintin".

Já todos o conheciam, até que mais tarde, e depois de se envolver com maior profundidade na área, decidiu, em 2003, abrir uma loja de banda desenhada usada, a que deu o nome "Tintim por Tintim".

Há oito anos instalada na Rua da Conceição, no Porto, a loja tem praticamente toda a banda desenhada editada em Portugal e muitos títulos estrangeiros. Grandes estantes apinhadas de álbuns, revistas, jornais e bonecos de plásticos encontram-se por todo o lado, nas duas salas deste espaço, que é, já, ponto de encontro de muitos aficionados de BD, com idades entre os dez e os 80 anos.

Leia mais na versão e-paper ou na edição impressa

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG