Exclusivo

Marca Pistola, a editora que quer rastrear o mapa musical dos Açores

Marca Pistola, a editora que quer rastrear o mapa musical dos Açores

Novo projeto aposta na promoção da identidade sonora da região, com especificidades em cada ilha. Edição de discos e agenciamento integram a missão a desenvolver.

A insistência de uma simples pergunta fez nascer junto de Luís Banrezes a vontade de criar uma editora especializada em música açoriana. Proprietário da La Bamba, a única loja de discos de Ponta Delgada, o empresário de origem nortenha (ler caixa) habituou-se, ao longo dos anos, a ver turistas interessados na compra de discos representativos dos Açores.

Ao ver que os registos fonográficos se limitavam a cobrir artistas consagrados como Zeca Medeiros, abalançou-se na criação da Marca Pistola. Um projeto vasto que quer aliar a edição física (em vinil e cassete) de artistas locais, emergentes e não só, com uma plataforma online que registe os nomes dos intérpretes de origem açoriana, tanto do presente como do passado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG