Media

Em Cuba, o luto por Fidel proíbe dizer "Boa Tarde" na televisão

Em Cuba, o luto por Fidel proíbe dizer "Boa Tarde" na televisão

O luto pela morte do Fidel Castro estende-se à televisão cubana. Pensando que não estavam em direto, dois apresentadores foram gravados, na segunda-feira, a discutir este tema.

Momentos antes de começar o telejornal da televisão cubana, na segunda-feira, às 13 horas, os telespetadores foram surpreendidos com as imagens dos apresentadores a conversarem sobre a proibição de dizer "boa tarde", por causa do luto a Fidel Castro.

O sinal foi para o ar sem que eles se apercebessem, informa o Cubanet, portal cubano que emite desde a Florida. Mariuska Díaz e Froilán Arencíbia conversavam sobre a atitude "grosseira" de não se poder cumprimentar os espetadores com um "boa tarde".

"Independentemente do que aconteça no mundo, vou dizer sempre bom dia ou boa tarde. Isto é um extremismo", disse Arencíbia à sua colega, sem saber que estava a ser gravado. "Claro, claro", respondeu a sua colega.

A imagem desapareceu temporariamente e voltou com os jornalistas a dizerem apenas: "As últimas notícias de hoje".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG