Audiências

JN é líder nacional na informação online

JN é líder nacional na informação online

O "Jornal de Notícias" foi o site de informação generalista mais procurado em abril, ultrapassando o "Correio da Manhã" e o "Público", numa altura decisiva da evolução da pandemia de covid-19 em Portugal e no Mundo. No total, 3,55 milhões de leitores passaram pela edição digital do JN.

Num mês marcado pelo estado de emergência e com os portugueses, fechados em casa, a procurarem mais informação credível e fidedigna,​​ o​​​​​ site do "Jornal de Notícias" foi o que conquistou a preferência dos leitores, liderando o ranking do painel netAudience da Marktest, com 41,5% de audiência.

Com mais 23 mil utilizadores do que o "Notícias ao Minuto", que ficou em segundo lugar, o JN ultrapassou ainda o "Público", anterior líder e que ocupa agora a terceira posição do ranking com 40,3% de utilizadores, e o "Correio da Manhã", que registou 39,1% de audiências, de acordo com os dados revelados pelo painel da Marktest.

No top cinco da tabela, os órgãos de comunicação social mais penalizados pela perda de audiência, em comparação com o mês de março, foram o "Público" (-11,3%) e o "Correio da Manhã" (-9,5%), que desce de segundo para quarto lugar.

Assim, segundo o índice de "multiplataforma reach" (alcance multiplataforma), 3,55 milhões de leitores passaram pelo site do JN, o que corresponde a mais de 50 milhões de pageviews e 20 milhões de visitas mensais.

A liderança do "Jornal de Notícias" no digital, estende-se ainda às redes sociais. No Facebook, o JN soma mais de 2,2 milhões de seguidores, com um avanço de mais de um milhão de pessoas em relação ao meio de comunicação em segundo lugar no ranking da Marktest. O site "Notícias ao Minuto" tem menos de um milhão de seguidores na rede social cofundada por Mark Zuckerberg e o "Público" soma 1,2 milhões de seguidores. No Instagram, os conteúdos do JN são acompanhados diariamente por quase 200 mil pessoas e no Twitter por mais de 476 mil.

Global Media Group mantém a liderança no digital

Também o grupo do qual o JN faz parte está em destaque. O Global Media Group (GMG) lidera no digital, com mais 158 mil utilizadores do que a Cofina (dona do "Correio da Manhã") e do que a Media Capital (ao qual pertence a TVI), terceiro grupo no ranking divulgado pela Marktest. ​​​​​Os sites do GMG mereceram no seu conjunto a confiança de 4,5 milhões de pessoas durante o mês de abril.

Note-se que o GMG tem 15 marcas nos primeiros 45 lugares do ranking que mede o número de indivíduos, com mais de 15 anos residentes em Portugal continental, que visitaram, num mês, os sites das entidades auditadas pela Marktest.

O Jornal "O Jogo" viu a sua desvantagem ao "Record" reduzir-se, enquanto o site do "Dinheiro Vivo" conquistou a liderança do segmento de economia, ultrapassando o "Jornal de Negócios", com um avanço de mais de 108 mil utilizadores, resultado que lhe permite chegar a 27% do universo total do estudo.

No décimo lugar da tabela, o "Diário de Notícias" conquistou 2,4 milhões de utilizadores em abril, o que representa uma quebra, quando comparado com o desempenho de março, mês em que subiu ao oitavo lugar, com a visita de 3,2 milhões de leitores.

O site "Delas", dirigido para o público feminino, subiu dois lugares e ganhou mais 222 mil utilizadores. Encontra-se no 27.º lugar do ranking, à frente de sites de informação como o desportivo "Mais Futebol", para o qual tem um avanço de mais de 42 mil utilizadores.

Já o "Motor24", um dos outros meios do grupo, conquistou mais 193 mil utilizadores, face a março, e subiu seis lugares no ranking até ao 30.º posto da lista onde também se encontra a ganhar terreno o site "Plataforma Media", que está agora no 38.º lugar, com mais 46 mil utilizadores.

Ainda no segmento feminino, onde se tem registado um acréscimo em termos de audiência total do GMG, a "Women's Health" ganhou 34 mil utilizadores no último mês.