Cultura

"Depois de Violetta": o fim da era Tini

"Depois de Violetta": o fim da era Tini

Protagonistas de longa-metragem "Tini - Depois de Violetta" , "spin off" da série argentina da Disney, falam sobre filme que representa o culminar de cinco anos de êxito. Estreia em Portugal está marcada para 5 de maio.

"Às vezes não temos consciência disso mas a verdade é que, durante cinco anos, fizemos parte das vidas das crianças que viram a série". As palavras são de Jorge Blanco, o ator mexicano que dá vida ao galã León em "Violetta".

Em conferência de imprensa, em Madrid, realizador e protagonistas de "Tini: Depois de Violetta" revelaram algumas peripécias que se passaram durante as filmagens, que decorreram no inverno passado, na Sicília, pese o facto da trama se passar durante o verão.

Martina Stoessel (ou Tini, como é carinhosamente tratada pelos fãs) tem 19 anos. Vive, desde 2012, no epicentro do imaginário infanto-juvenil. Ela é Violetta, a protagonista da série do Disney Channel, cujo êxito sem precedentes chegou aos quatro cantos do mundo. Prestes a lançar o seu primeiro álbum em nome próprio, Martina admite que, tal como a sua personagem, "cresceu, amadureceu, tomou decisões". "O tempo passou sem darmos por isso. Aprendi muitas coisas. A vida é mesmo assim".

"Tini - Depois de Violetta" chega às salas de cinema portuguesas a 5 de maio. O filme, tal como revelou o realizador, o argentino Juan Pablo Buscarini, será dobrado em 23 idiomas. "Violetta é um produto de entretenimento do qual nos devemos orgulhar", salientou Buscarini, referindo também o facto de esta ser uma produção nascida na América do Sul.

"Violetta" está atualmente em exibição no Disney Channel e também na SIC.

ver mais vídeos