Televisão

"O Senhor dos Anéis" pode tornar-se a série mais cara da história

"O Senhor dos Anéis" pode tornar-se a série mais cara da história

A série que a Amazon quer desenvolver para transformar a história de J.R.R. Tolkien em série de televisão tem um orçamento de 500 milhões de dólares para as duas primeiras temporadas.

Um orçamento à medida da grandeza que se quer. Depois de o realizador Peter Jackson ter passado para o cinema a trilogia "O Senhor dos Anéis", entre 2001 e 2003, a Amazon não quer ficar atrás e aposta tudo o que pode na história fantástica escrita por J.R.R. Tolkien.

São 500 milhões de dólares, cerca de 400 milhões de euros, que a plataforma norte-americana tem para investir em duas primeiras temporadas de uma série inspirada nas aventuras de Frodo e dos seus amigos.

Um orçamento superior ao de muitos filmes, que pode fazer com que esta produção seja a mais cara de sempre da história das séries televisivas. Até agora, é "The Crown", da Netflix, a deter este "título", com 130 milhões de dólares por temporada.

Para poder levar o mundo da Terra Média à televisão, a Amazon já gastou 250 milhões de dólares na compra dos direitos das obras, tendo ganho a guerra à HBO e à Netflix.

O "The Hollywood Reporter" já tinha avançado que o contrato inclui a realização de cinco temporadas e um "spin-off".

A decisão não agrada a todos, nomeadamente ao ator John Rhys-Davies, que na trilogia de Jackson vestiu a pele do anão Gimli. "A necessidade de se fazer uma série de televisão de 'O Senhor dos Anéis' deixa-me um pouco chateado", confessou.

ver mais vídeos