O Jogo ao Vivo

Fátima

JN no grupo restrito que viaja com o Papa Francisco

JN no grupo restrito que viaja com o Papa Francisco

O JN vai estar presente no voo do Papa Francisco entre Roma e Monte Real, num grupo restrito de sete portugueses que foram autorizados embarcar no voo papal.

A primeira visita do Papa Francisco a Portugal está a poucas horas de se concretizar. Na comitiva de jornalistas que acompanhará de perto a passagem do Sumo Pontífice pelo nosso país estão sete portugueses: Rosa Ramos (Jornal de Notícias), Céu Neves (Diário de Notícias), Joana Haderer (Lusa), Octávio Carmo (Agência Ecclesia), Aura Miguel (Rádio Renascença), Fátima Campos Ferreira e Tiago Passos (RTP).

Fátima Campos Ferreira é a única cara da televisão nacional a integrar este leque de profissionais.

"O Vaticano abriu candidaturas para os jornalistas à viagem. Toda a gente se candidatou. Foram atribuídas cinco. Nós (Fátima Campos Ferreira e o repórter de imagem Tiago Passos) somos os únicos na televisão portuguesa que vamos fazer a viagem com o Papa", desvendou ao JN a jornalista da RTP.

"Venho e vou no voo papal (Monte Real-Roma-Monte Real). Há cinco jornalistas portugueses que vêm e vão com o Papa, para lá do grupo de 80 vaticanistas, que são acreditados permanentemente no Vaticano e que fazem todas as viagens. Nesse grupo, estão incluídos dois portugueses - a Aura Miguel e o Octávio [Carmo]", relatou Fátima Campos Ferreira.

Durante esses dias, a equipa da RTP estará confinada a uma área restrita. "Eu não vou sair do grupo de vaticanistas. Estaremos sempre na chamada 'bolha', onde estão os jornalistas mais próximos do Papa. É o próprio Vaticano que trata da nossa viagem e da alimentação", explicou a profissional da estação pública ao nosso jornal.

Esta não é a primeira vez que Fátima Campos Ferreira é enviada para o Vaticano pela RTP. Em março de 2013, acompanhou no local a eleição do atual chefe da Igreja Católica. Confrontada com a possibilidade de conseguir privar pela primeira vez com Francisco, Fátima não mostra preocupação. "Não sei. Não pensei nisso sequer", desvalorizou.

Outras Notícias