EUA

Presidente da Fox News demite-se após acusações de assédio sexual

Presidente da Fox News demite-se após acusações de assédio sexual

O presidente do conselho da administração do canal norte-americano Fox News, Roger Ailes, acusado de assédio sexual por uma ex-apresentadora, demitiu-se das suas funções.

As funções serão assumidas pelo proprietário da 21st Century Fox, Rupert Murdoch, foi anunciado esta quinta-feira.

A saída de Ailes, que também é fundador da cadeia televisiva, tem efeito imediato, de acordo com o comunicado da 21st Century Fox.

O comunicado não mencionou diretamente as razões que levaram Roger Ailes, de 76 anos, a sair do canal, apenas duas semanas após a descoberta das acusações de assédio.

Num recurso apresentado no início de julho, a ex-apresentadora Gretchen Carlson acusou-o de tê-la demitido por recusar os seus avanços sexuais, acusações que Ailes nega.

O grupo anunciou publicamente o lançamento de uma investigação interna para estabelecer a verdade.

A página na Internet da revista "New York" publicou na terça-feira que a apresentadora da Fox News, Megyn Kelly, disse aos investigadores que teria também sido alvo de assédio sexual de Roger Ailes há dez anos.

PUB

Veterano dos média, homem influente, Ailes, um republicano com agora 76 anos criou o canal Fox News em 1996 a pedido do patrão da rede Fox e do grupo News Corp, Rupert Murdoch, que o substitui hoje no cargo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG