O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Música popular: o pior agosto de sempre

Música popular: o pior agosto de sempre

Quim Barreiros regressa este sábado aos palcos. Mas, no mês das romarias, os cantores populares somam cancelamentos.

"Qual é o melhor dia pra casar/Sem sofrer nenhum desgosto/o 31 de julho/porque depois entra agosto." Este refrão de Quim Barreiros valeu-lhe um concerto, todos os anos neste dia, depois de um convite feito por Miguel Alves, presidente da Autarquia de Caminha. Esta noite, no Forte da Lagarteira, em Vila Praia de Âncora, às 22 horas, o rei da música popular volta a subir ao palco, "depois de dois verões sem pôr um pé no palco", num concerto gratuito.

Aos 74 anos, Quim Barreiros, nunca esperou passar pelo que lhe aconteceu nestes dois últimos anos. A pandemia roubou-lhe os verões, as festas académicas, as festas populares, as romarias. Ou seja, como diz ao JN no tom jocoso habitual, "o meu habitat".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG