Coronavírus

Músico de jazz Ellis Marsalis morreu infetado aos 85 anos

Músico de jazz Ellis Marsalis morreu infetado aos 85 anos

O músico norte-americano de jazz Ellis Marsalis, 85 anos, patriarca de uma família de grandes nomes do jazz morreu infetado pelo novo coronavírus, anunciou o filho Brandford Marsalis.

Ellis Marsalis, pianista e compositor com mais de 20 discos gravados nas últimas décadas, é pai do trompetista Wynton Marsalis e do saxofonista Brandford Marsalis.

"É com grande tristeza que anuncio a morte do meu pai, Ellis Marsalis Jr., após complicações de saúde devido ao coronavírus", escreveu o filho numa nota publicada na internet.

O pianista estava hospitalizado desde sábado.

"O meu pai era um génio da música e um pai extraordinário" acrescenta Brandford Marsalis na mesma nota.

Wynton Marsalis publicou na conta que mantém na rede social Twitter fotografias do pai com o epitáfio "Ellis Marsalis, 1934-2020 / Morreu como viveu: aceitando a realidade".

Natural da cidade de Nova Orleães, Ellis Marsalis, em novembro de 1934, tocou com músicos como Cannonbal e Nat Adderleu, Marcus Roberts e Courtney Pine.

Ao mesmo tempo foi mentor dos filhos, Wynton e Brandford, que se tornaram em nomes incontornáveis do jazz, assim como estava envolvido no New Orleans Center for Creative Arts, Universidade de Nova Orleães e na Univeridade Xavier, Estados Unidos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG