Cultura

Obra de Fernando Pessoa divulgada em Nova Iorque

Obra de Fernando Pessoa divulgada em Nova Iorque

O público de Nova Iorque vai conhecer a obra de Fernando Pessoa a partir deste fim-de-semana e até à próxima quinta-feira, numa iniciativa que vai incluir palestras, a exibição de um filme e uma performance.

Com o nome "Fernando Pessoa and the Peripheral Modernisms", a iniciativa pretende "celebrar a vida e obra de Fernando Pessoa", segundo a presidente do Arte Institute, Ana Ventura Miranda.

O evento começa este domingo com uma palestra da professora Isabel Gil sobre a relação do poeta com o cinema, no Hotel Gershwin. Segue-se a exibição do filme "Sunrise: A Song of Two Humans" e um recital de piano de Renato Diz.

No dia seguinte, a professora Isabel Gil torna a falar sobre Fernando Pessoa na Universidade Rutgers, em Nova Jérsia. A iniciativa termina no dia 27, na Poets House, em Nova Iorque, com uma palestra do Professor Ellen Sapega e uma performance da artista portuguesa Beatriz Albuquerque.

A presidente do Arte Institute, que organiza a iniciativa, explica à agência Lusa que o evento foi realizado no ano passado e que o seu sucesso determinou uma segunda edição.

"Já tínhamos realizado, em 2012, a semana de José Saramago, que é um autor mais conhecido nos Estados Unidos. Depois, várias pessoas ligadas ao meio literário começaram a falar-nos em Fernando Pessoa e no interesse que tinha fazer algo com a sua obra. Pareceu-nos a continuação mais natural", explicou Ana Miranda.

A responsável salientou que "há muita abertura do público americano para o Portugal contemporâneo, apesar de haver pouco conhecimento", e que "é preciso um trabalho continuado de promoção [da cultura portuguesa], de forma sustentada, que desperte e alimente o interesse do público".

PUB

O Arte Institute é uma organização sem fins lucrativos, que dinamiza a produção e difusão de artistas e projetos de arte contemporânea portuguesa e conta com o apoio de diferentes instituições, como a Direcção-Geral dos Assuntos Consulares e das Comunidades Portuguesas, o Instituto Camões e a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG