Cultura

Portuguesa fica em terceiro no festival Montreux Jazz

Portuguesa fica em terceiro no festival Montreux Jazz

Maria João Mendes foi uma das nove seleccionadas para participar na final do prestigiado festival International Montreux Jazz, na Suíça. Conheça a voz que encantou Quincy Jones.

A cantora portuguesa Maria João Mendes conquistou o terceiro lugar, na categoria de voz, do Festival Internacional de Jazz de Montreux, na Suíça.

PUB

Maria João Mendes foi a primeira portuguesa a participar nesta competição, criada em 2003. Este ano, Montreux teve 75 candidaturas de 25 países diferentes.

A prestação da portuguesa no Festival International de Jazz de Montreux, que lhe valeu o terceiro lugar, foi avaliada por um júri que contou com a presença de Quincy Jones.

Formada entre o Porto e a Holanda

A cantora portuguesa, de 25 anos, formou-se na Escola Superior de Música do Porto (ESMAE) onde começou o seu bacharelato em jazz.

As pisadas seguintes foram fora do país, Maria João Mendes, em 2007, passou a viver na Holanda para terminar seu mestrado em Jazz Studies e vozes brasileiras, no Conservatório de Roterdão (CODARTS). Ainda na Holanda, teve a oportunidade de estudar com David Linx, no Conservatório Real de Bruxelas.

Já não é a primeira vez que a portuguesa passa por palcos europeus importantes. A cantora já conta com participações no Festival Jazz Woma, em Itália, e no Concurso Internacional de Jazz de Bruxelas Singers, no qual ficou em terceiro lugar.

Os prémios somam-se um atrás do outro. Maria João Mendes venceu o prestigiado concurso holandês "Nederlands Jazz Vocalisten Concours", em Zwolle, e ficou em segundo lugar no Jazz Concurso Internacional de Canto "Vozes Jazz", realizado na Lituânia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG