França

Prancha de Tintin alcança recorde mundial em BD

Prancha de Tintin alcança recorde mundial em BD

Uma prancha do Tintin desenhada por Hergé, em 1937, foi vendida, este sábado, em Paris, por 2,5 milhões de euros, um novo recorde mundial para uma obra de banda desenhada, indicou a leiloeira Artcurial.

O anterior recorde já era de Hergé e foi obtido pela famosa capa de "Tintin na América", realizada em 1932 e vendida por 1,3 milhões de euros em junho de 2012, igualmente pela Artcurial.

Avaliado inicialmente entre 700 mil e 900 mil euros, o lote número um do leilão dedicado à banda desenhada é uma página dupla feita em tinta-da-china para formar as guardas dos álbuns de Tintin publicados de 1937 a 1958.

Mostra Tintin e o seu cão Milu em 34 situações diferentes, cada uma delas relacionada com um álbum, de "O Lótus Azul" a "O Ídolo Roubado".

O leilão deste sábado é inteiramente dedicado ao desenhador belga e ao seu repórter, com desenhos como o da capa de "A Ilha Negra", realizada em tinta-da-china em 1942 e avaliada entre 600 mil e 800 mil euros.

No domingo, serão leiloadas obras de Hugo Pratt, Enki Bilal e Franquin.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG