Covid-19

Prémios Sophia, concertos de Cock Robin e festival MIL adiados

Prémios Sophia, concertos de Cock Robin e festival MIL adiados

O coronavírus continua, esta quarta-feira, a levar ao cancelamento de eventos culturais em todo o país.

A cerimónia de entrega dos Prémios Sophia 2020, agendada para 22 de março, foi adiada "até que o problema do coronavírus esteja solucionado", anunciou a Academia Portuguesa de Cinema, que atribui os galardões.

Também a 4.ª edição do Festival MIL - Lisbon International Music Network, uma convenção dedicada à promoção e internacionalização da música dos países de língua portuguesa, anunciada para os próximos dias 25 a 27 deste mês, em Lisboa, foi cancelada, de acordo com o comunicado divulgado pela organização.

O adiamento da entrega dos Prémios Sophia, que decorreria no Casino Estoril, dentro de duas semanas, foi decidido "no seguimento do Plano de Contingência e das recomendações da Direção-Geral da Saúde, do Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças e do Governo português", adianta a Academia Portuguesa de Cinema.

A 8.ª edição "será reagendada em data a anunciar oportunamente", conclui a academia.

O "plano nacional de contingência para o coronavírus" determinou também o cancelamento do 4.º MIL - Lisbon International Music Network, marcado os próximos dias 25 a 27, em nove salas da zona do Cais do Sodré.

O programa incluía atuações de 70 artistas, numa "mostra das mais recentes tendências da música popular", para o público e para profissionais da indústria discográfica, como foi anunciado, no início do ano.

O Festival MIL previa atuações de músicos como Uma Lambada de Batida, Felipe Cordeiro e Mary Feliciano, Aurora Pinho, Fado Bicha e David Bruno, Vaiapraia, Marinho, Mondau, Ganso, Castilho e Cancro.

Também os concertos da banda Cock Robin, previstos para sexta-feira e sábado, nos coliseus de Lisboa e do Porto, respetivamente, foram adiados para outubro, como forma de prevenção do novo Coronavírus (Covid-19)", divulgou a promotora do evento, na sequência da recomendação da Direção Geral de Saúde.

Relativamente aos bilhetes adquiridos, "são válidos para as novas datas" ou, "preferindo a devolução do valor dos ingressos, o espetador pode pedi-lo, no respetivo local de compra, no prazo de 30 dias a contar da data do evento, adiada.

Também o espetáculo "A Valquíria", agendado para dia 21 de março, no Coliseu do Porto foi adiado para data a anunciar em breve. Os bilhetes servem para nova data ou poderá ser pedido o seu reembolso no local onde foram adquiridos.

Outras Notícias