Exclusivo

Promotores de espetáculos ainda tentam salvar o verão

Promotores de espetáculos ainda tentam salvar o verão

As novas medidas anunciadas esta semana pelo Governo podem provocar uma reviravolta na realização dos festivais de verão deste ano em Portugal, que já estavam parcialmente dados como perdidos. Luís Montez, da Música no Coração, é o promotor mais otimista.

"Creio que vamos ter verão. Temos de olhar para o futuro com esperança", afirmou o promotor ao JN, convencido de que será possível realizar as edições do Sumol Summer Fest, na Ericeira (2 e 3 de julho), do Super Bock Super Rock, no Parque das Nações (15 a 17 de julho) e do Meo Sudoeste, na Zambujeira do Mar (3 a 7 de agosto). "Falta saber as condicionantes da Direção-Geral da Saúde", ressalva.

São justamente essas regras que levam Álvaro Covões, da Everything is New, a ser mais cauteloso. " A reabertura dos teatros, a 19 de abril, é positiva. O reforço de apoio à cultura também é positivo. Mas ainda é preciso clarificar os detalhes dos grandes eventos. Que capacidade vão ter? Que horários?", pergunta. Sem essas respostas, diz, só resta esperar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG