Cultura

"Quando pensamos em Cabo Verde pensamos em Cesária Évora", diz PR

"Quando pensamos em Cabo Verde pensamos em Cesária Évora", diz PR

O Presidente de Cabo Verde considerou hoje a morte de Cesária Évora uma "grande perda" para todos os cabo-verdianos, afirmando que se calou uma voz que representava "um pouco a noção de ser cabo-verdiano".

Reagindo logo após ter recebido a notícia, interrompendo mesmo o almoço num restaurante da Cidade da Praia, Jorge Carlos Fonseca afirmou que com a morte da "Diva dos Pés Descalços", falecida aos 70 anos no Mindelo, desaparece uma das maiores figuras da cultura cabo-verdiana.

"O sentimento que me invade é de profunda tristeza e de grande desolação, porque com o desaparecimento físico de Cesária Évora desaparece uma das maiores figuras da cultura cabo-verdiana, particularmente da nossa música. Diria mais, que Cesária Évora representa um pouco a noção de ser cabo-verdiano", defendeu.

Segundo o Presidente cabo-verdiano, Cesária Évora constituía uma "referência incontornável" da Nação cabo-verdiana.

"Quando pensamos em Cabo Verde seguramente pensamos em Cesária Évora. E quando as pessoas ouvem Cesária, a referência é Cabo Verde, o que dizer que é uma das grandes figuras da Nação cabo-verdiana. O falecimento representará para todos os cabo-verdianos uma grande perda e os cabo-verdianos estarão atravessados por um profundo sentimento de pesar e de tristeza", avançou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG