Cultura

Quase 20 mil pessoas foram ao Museu Nacional dos Coches este fim de semana

Quase 20 mil pessoas foram ao Museu Nacional dos Coches este fim de semana

O Museu Nacional dos Coches, em Lisboa, recém-instalado num novo edifício, recebeu, no primeiro fim de semana de abertura ao público, 19.865 visitantes.

As novas instalações, também na praça Afonso de Albuquerque (à semelhança do edifício original), foram oficialmente inauguradas na sexta-feira, ao final da tarde, e abertas ao público no sábado, tendo as entradas durante o fim de semana sido gratuitas.

"Este grande fluxo de público nos dois primeiros dias de abertura, para o qual foi preparado um programa especial, revela o excecional interesse pelo novo museu de Lisboa, ao mesmo tempo que se associa às celebrações dos 110 anos da sua fundação", garante o diretor-geral do Património Cultural, Nuno Vassallo e Silva, em comunicado.

O novo edifício foi projetado pelo arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha, Prémio Pritzker 2006, e expõe 78 viaturas, que se vão manter até à conclusão e aplicação do novo projeto museográfico.

Composto por dois edifícios, com quatro pisos, duas salas de exposição permanente, uma sala de exposições temporárias, auditório, serviço educativo, as novas instalações possuem ainda um laboratório, oficinas, zonas técnicas e administrativas.

A partir desta segunda-feira as entradas no novo museu custam seis euros e passam a oito quando estiver concluído o projeto museográfico do edifício. O antigo picadeiro, onde a coleção estava exposta desde a fundação, continuará aberto ao público e as entradas vão custar quatro euros, menos dois que o praticado até agora. O bilhete conjunto para visitar os dois edifícios, até à aplicação integral do novo projeto museográfico, custa oito euros: com a conclusão deste projeto, o preço sobre para dez euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG