O Jogo ao Vivo

Covid-19

Regras para reabertura da Cultura: espetáculos sem intervalos

Regras para reabertura da Cultura: espetáculos sem intervalos

Os espetáculos, cinemas e teatros não devem ter os habituais intervalos a partir de segunda-feira, quando reabrirem após mais de dois meses fechados pela pandemia.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu, esta quinta-feira, as regras para o desconfinamento das atividades culturais: um caderno de encargos extenso, que abrange desde profissionais do setor aos espetadores, passando por regras de convivência entre ambos.

A proibição de orquestras nos habituais fossos, como ainda acontece no teatro de revista, e evitar-se os intervalos, para limitar "a deambulação de espectadores" são apenas algumas das determinações.

Entre as regras da nova convivência social, onde se incluem as máscaras e o distanciamento físico, e as de acesso aos espaços culturais e compra de bilhetes, que devem ser feitos com o mínimo de contacto físico possível, a DGS elenca um total de 59 medidas.

"Nas salas de espetáculos ou similares com palco, não devem ser ocupadas as duas primeiras filas junto ao palco ou, em alternativa, deve ser garantida a distância de pelo menos dois metros entre a boca de cena e a primeira fila ocupada", aponta uma das recomendações, que antecede a de que "as orquestras não podem atuar no fosso ou poço da sala de espetáculos" e que estabelece um distanciamento também de dois metros entre os profissionais - no caso dos coralistas e instrumentistas.

A DGS aponta que "a ocupação dos lugares sentados deve ser efetuada com um lugar livre entre espectadores que não sejam coabitantes, sendo a fila anterior e seguinte com ocupação de lugares desencontrados".

"Os intervalos, sempre que possível, devem ser evitados ou reduzidos ao mínimo indispensável, de forma a evitar a deambulação de espectadores", refere-se no documento, que além de casas de espetáculos também alude a regras quer para livrarias, arquivos e bibliotecas, como também para museus, palácios e monumentos.

A programação ao ar livre também é visada. Uma das regras direciona-se especificamente para os profissionais: "deve ser evitada a partilha de instrumentos, objetos e acessórios durante os ensaios e as atuações".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG