Fotografia

Retratos de profissionais de saúde de Rui Oliveira distinguidos em concurso

Retratos de profissionais de saúde de Rui Oliveira distinguidos em concurso

Série de imagens da autoria do repórter Rui Oliveira, da Global Imagens, foi distinguida pelo POY Latam, o concurso de fotojornalismo mais antigo do Mundo. Trabalho foi publicado na revista Notícias Magazine.

As imagens que valeram ao fotojornalista Rui Oliveira o terceiro lugar no concurso de fotografia POY Latam, na categoria "Série Retratos", ilustram a reportagem "Marcas da luta, vincos na pele", da autoria da jornalista Sara Dias Oliveira, da Notícias Magazine. O trabalho, realizado no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, foi publicado na edição de 10 de maio de 2020.

O artigo tem como tema "Pessoal de Saúde de Primeira Linha" e os retratos são de profissionais de saúde - médicos, enfermeiros, auxiliares e empregados de limpeza - que à data de publicação lutavam contra a covid-19 há cerca de dois meses. As marcas no rosto já denunciavam as dificuldades inerentes ao combate à SARS-COV-2. Nove meses volvidos, a luta continua.

Rui Oliveira reconhece: "É uma honra este prémio de terceiro lugar na categoria Retrato no prestigiado prémio internacional POY Latam. É igualmente uma honra poder representar os profissionais de saúde portugueses com este conjunto de retratos, eles que todos os dias lutam para salvar vidas no caos de pandemia mundial que nos assombra. É a todos eles que este prémio é dedicado. Obrigado e viva o fotojornalismo, viva a reportagem".

Na categoria em que fotojornalista se sagrou vencedor, "Série Retratos", ficaram em primeiro e segundo lugar, respetivamente, o chileno Cristóvão Olivares, com um trabalho centrado no tema "Mutilados pela polícia", e o peruano Carloman Macidiano Céspedes, cujas fotografias são sobre "Imigração LGTBQ em Buenos Aires".

Os prémios contaram com o apoio da JasenLatam, farmacêutica da Johnson & Johnson, do projeto Fotógrafas Latinoamericanas, do Festival EDOC - Encuentros del Otro Cine, do Instituto de Imprensa - Sociedade Interamericana de Prensa (SIP) e da Universidade de Miami.

Rui Oliveira é fotojornalista da Global Imagens e já venceu outros prémios. Em 2012, arrecadou o primeiro lugar no Prémio de Fotojornalismo Estação Imagem/Mora, na categoria Artes e Espetáculos, com o trabalho "Uma Fábrica de Teatro", publicado no Diário de Notícias. Em 2015, "Luta contra a fome" valeu ao jornalista o segundo prémio no Estação Imagem/Viana do Castelo, na categoria Vida Quotidiana. Em 2018, com "O Bairro Esquecido", sobre o Bairro do Aleixo, no Porto, ganhou o Estação Imagem/Coimbra, na mesma categoria. No mesmo ano, arrecadou também uma menção honrosa com o trabalho "O Renascer de Isabel Batata Doce". Em 2019, foi a vez do Prémio Europa, com "Romeiros".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG