O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Saudades do outono que há de vir

Saudades do outono que há de vir

Setembro está para o calendário cultural como a sexta-feira para os grandes prémios de Fórmula 1. Em anos normais, é um mês de adaptação à pista. Neste ano atípico, não será assim.

Concertos, festivais, feiras e bienais foram adiados nesta primavera de pandemia e encontraram nos meses posteriores ao verão um porto que esperam seguro para não darem por perdida a viagem. É a esperança contra a "catástrofe". É "um desafio" para programadores e instituições. É sobretudo uma enorme incógnita. Que público haverá quando o espaço público puder ser outra vez habitado?

De Veneza a Coachella

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG