Óbito

Segunda cantora de k-pop encontrada morta após denúncias de cyberbulling

Segunda cantora de k-pop encontrada morta após denúncias de cyberbulling

A cantora e atriz Goo Hara, de 28 anos, foi encontrada morta em casa, este domingo, na Coreia do Sul. É a segunda artista de k-pop que morre após denúncias de cyberbullying. A polícia está a investigar o caso.

Goo Hara fazia parte do grupo de k-pop feminino Kara desde 2008. Afastou-se em 2015 para começar uma carreira a solo, tendo subido a palco ainda este mês.

Em maio deste ano, foi encontrada inconsciente em sua casa, segundo a Reuters. Depois de ter sido hospitalizada, a jovem pediu desculpa aos fãs pela "comoção" que aquele incidente criou.

Goo Hara fez vários apelos a comentários positivos nas redes sociais, dizia ser vítima de cyberbullying. A cantora criou uma base de fãs não só na Coreia do Sul, mas também no Japão e na China.

Sulli, outra cantora de k-pop, de 25 anos, foi encontrada morta no mês passado. Era amiga próxima de Goo Hara e tinha também falado publicamente sobre cyberbullying.

A polícia não fez quaisquer comentários sobre o caso.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG