Cultura

Siza Vieira vence Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura 2010

Siza Vieira vence Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura 2010

O arquitecto Álvaro Siza Vieira é o vencedor do Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura 2010, considerado "uma das referências mais marcantes da arquitectura e da cultura contemporâneas". A atribuição foi anunciada hoje, quinta-feira, pela ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas.

Gabriela Canavilhas falava aos jornalistas na sede do Conselho de Ministros, onde anunciou a "decisão unânime" do júri do galardão, cuja reunião, decorrida em Madrid, tinha terminado cerca das 13 horas em Portugal. O anúncio do vencedor foi feito em simultâneo em Portugal, pela ministra Gabriela Canavilhas, e em Madrid pela homóloga, Ángeles Gonzalález-Sinde.

De acordo com a ministra da Cultura de Portugal, o galardão, no valor de 75 mil euros, e atribuído por ambos os países, será entregue a Álvaro Siza Vieira na próxima cimeira Luso-Espanhola, no início de 2011.

O júri desta terceira edição do prémio foi constituído, em representação de Portugal por Clara Ferreira Alves, jornalista e escritora, João de Melo, escritor, e Manuel Graça Dias, arquitecto.

Em representação de Espanha, integram o júri José Manuel Diego Carcedo, jornalista, Fuensanta Nieto, arquitecta, e Pilar del Río, jornalista.

A iniciativa visa premiar o contributo significativo para o reforço dos laços entre os dois Estados e para um maior conhecimento recíproco da criação ou do pensamento, segundo o regulamento.

Na primeira edição, em 2006, o Prémio foi atribuído ao português José Bento, e em 2008 (segunda edição), o vencedor foi o espanhol Perfecto Cuadrado.

PUB

O arquitecto português, 77 anos, recebe hoje, às 15 horas, um doutoramento honoris causa pela Universidade Técnica de Lisboa.

Álvaro Siza, que recebeu o Prémio Pritzker em 1992, o maior galardão mundial para a área, nasceu em Matosinhos, em 1933 e estudou na Escola Superior de Belas Artes do Porto, tendo sido influenciado numa primeira fase do seu trabalho pelos arquitectos Adolf Loos e Frank Lloyd Wright.

Em 2009 recebeu o título de Membro Honorário da Ordem dos Arquitectos (OA) durante uma homenagem que decorreu em Lisboa no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Arquitectura.

Álvaro Siza Vieira recebeu também no ano passado a Medalha de Mérito Cultural do Ministério da Cultura em reconhecimento da sua obra arquitectónica e actividade como cidadão, e foi homenageado no Reino Unido pela contribuição para a arquitectura internacional com a Medalha de Ouro Real.

O Museu de Serralves, a Casa de Chá, as Piscinas de Marés, a igreja de Marco de Canaveses, todos no distrito do Porto, o Pavilhão de Portugal da Expo 98, em Lisboa, e, mais recentemente, o museu para a Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, no Brasil, são alguns dos projectos marcantes da carreira do arquitecto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG