Festival

Sónar Lisboa terá parte da programação com acesso gratuito

Sónar Lisboa terá parte da programação com acesso gratuito

O festival Sónar chega, este ano, pela primeira vez, a Portugal. Uma parte da programação será gratuita para estudantes. Há 70 concertos em três dias.

A vertente do festival Sónar Lisboa, que decorre entre 08 e 10 de abril, dedicada às tecnologias criativas, Sónar+D, será de acesso gratuito para estudantes portugueses, que terão também descontos nos bilhetes para a programação musical, foi anunciado esta sexta-feira.

De acordo com a organização do festival, "será permitido o acesso gratuito aos estudantes portugueses de todo o território continental e ilhas, e de qualquer nível de ensino, ao Sónar+D, a vertente do festival dedicada às tecnologias criativas, mediante apresentação do cartão de estudante na entrada do Hub Creativo do Beato".

Além disso, "os estudantes terão também um desconto nos bilhetes de acesso à programação musical", e, "no último dia do festival, as portas do Sónar+D abrem-se à cidade, com entrada gratuita, sujeita à lotação".

Música, criatividade e tecnologia

O festival Sónar, que junta música, criatividade e tecnologia, e que se realiza desde 1994, em Barcelona, acontecerá pela primeira vez em Lisboa, nos dias 08, 09 e 10 de abril, em vários locais da cidade.

As conferências do Sónar+D acontecem todos os dias do festival, entre as 12:00 e as 18:30, no Factory Lisbon, no Hub Criativo do Beato, "tendo como tema central a Sustentabilidade e Direitos Humanos, a partir do qual se desdobra um tríptico de subtemas: a Inteligência Artificial e Algoritmos; as Intersecções de Arte, Ciência, Ecologia e Alterações Climáticas; e as Tecnologias Criativas e Economia Digital: do Metaverso à web3".

PUB

A programação do Sónar+D inclui também exposições, igualmente patentes no Factory Lisbon, que abordam temas como as alterações climáticas, preservação dos recursos naturais, inteligência artificial e suas implicações éticas, desinformação, algoritmos e meios de comunicação social.

A terceira componente do Sónar+D, a dos espetáculos AV, "experiências musicais ao vivo que surgem da interação entre criatividade, música, tecnologia e inovação", irão acontecer no Edíficio Starup Lisboa Beato - Fábrica do Pão, também no Hub Criativo do Beato.

"Desde furacões, a organismos unicelulares e estrelas em extinção, refletem sobre preocupações da sociedade, como as alterações climáticas ou a vigilância de dados, enquanto exploram a interação da música e da imagem. Com uma profunda componente audiovisual e tecnológica, vão proporcionar um contacto com os artistas que estão a explorar as intersecções da ciência e tecnologia, utilizando tecnologias digitais", descreve a organização.

70 concertos em três dias

A programação musical do festival, dividida entre Sónar by Day e Sónar by Night, inclui mais de 70 concertos e atuações de artistas e DJ, entre os quais Arca, Bicep, The Blaze DJ, Charlotte de Witte, Dixon, Polo & Pan, Enchufada Na Zona, Honey Dijon, Floating Points, Pongo, Leon Vynehall, Partiboi69, Nicola Cruz, Richie Hawtin e Thundercat.

Esta parte da programação irá dividir-se entre o Centro de Congressos de Lisboa, o Coliseu dos Recreios, o Pavilhão Carlos Lopes e o Hub Criativo do Beato.

A programação completa das várias componentes do Sónar Lisboa, bem como informações sobre os vários tipos de bilhetes disponíveis e acesso às várias iniciativas, pode ser consultada em www.sonarlisboa.pt.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG