Estreia

Star Wars: Fim do caminho para os Skywalker

Star Wars: Fim do caminho para os Skywalker

Nono capítulo da saga "Star Wars" chega esta quinta-feira a Portugal com J. J. Abrams na realização e marca o fim de uma era.

Chega esta quinta-feira a Portugal o nono e último capítulo da saga "Star Wars", dando por concluído o sonho original de George Lucas de criar três trilogias para a história que concebeu: uma ópera espacial em que só um estúdio acreditou e que ganhou estatuto de mito do cinema e da cultura popular.

"Star Wars: A ascensão de Skywalker" fecha o percurso de nove filmes começado em 1977, com a história da família Sky-walker, os irmãos Leia e Luke, que se juntam a uma rebelião para derrotar as forças negras de um império malvado que domina a galáxia. A tecnologia inédita e o tom de aventura pueril, pintado com momentos de comédia simples e mitologia séria e maniqueísta imaginada por Lucas (os Jedi, a Força e o Lado Negro da Força), surpreenderam os públicos e criaram uma "franchise" que gerou mais de 60 mil milhões de euros em 37 anos de filmes, videojogos, brinquedos e livros.

J.J. Abrams, que dirigiu com sucesso, em 2015, o primeiro filme da terceira parte ("O despertar da Força"), relançou a história e introduziu novas personagens, como Rey (Daisy Ridley), uma jovem com potencial para ser uma guerreira Jedi mas cuja antecedência genealógica se tornou um dos grandes mistérios a resolver. Abrams chamou também Harrison Ford, Carrie Fisher e Mark Hamill para retomar os papéis dos três primeiros filmes.

O realizador foi convidado de novo para concluir a saga, apesar das reticências: "Safámo-nos por um triz de "O despertar da Força", por que diabo iríamos voltar?", disse em entrevista. O desafio era imenso: concluir a complexa história dos Skywalker, que foi contada ao longo de oito filmes e satisfazer os fãs obcecados por todos os pormenores e pontas soltas.

Segredos revelados

Quando "A ascensão de Skywalker" começa, descobrimos que Palpatine, o Imperador da trilogia inicial que é assassinado pelo lendário vilão Darth Vader, regressou dos mortos para fazer renascer o Império.

É o ponto de partida para um filme de grande ritmo e, como se esperava, de revelações e surpresas. Rey vai finalmente saber a origem da sua família e há até uma curta sequência com...não se vai revelar mais esta surpresa, já que o ator nem está creditado no genérico.

Em "A ascensão de Skywalker" os ingredientes são os de sempre. A luta do Bem contra o Mal, ação, romance, destinos a cumprir, decisões dramáticas. O vilão Kylo Ren (Adam Driver) e Rey confirmam-se como as personagens centrais desta última trilogia.

Mas o filme, já exibido nos EUA, divide opiniões. Há quem acuse de ser primário e infantil, esquecendo que Lucas concebera a saga como uma mistura de filme de aventuras, western e filme de samurais, apesar do toque shakespereano. Mas para os fãs, ver o último filme da saga é dia de festa. "Star Wars" vai continuar (os detalhes são ainda escassos) mas a história dos Skywalker termina esta quinta-feira. Que a Força esteja com eles.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG