Premium

"Street artists": a rua fugiu-lhes

"Street artists": a rua fugiu-lhes

Já não arriscam incursões urbanas com a atual pandemia, mas não pararam de trabalhar nem de pensar no futuro. Quatro artistas contam a sua experiência ao JN.

​​​​​A natureza do seu trabalho implica estarem na rua, onde deixam marcas em paredes, muros, empenas. E as suas imagens tornaram-se parte das paisagens urbanas nas últimas décadas. Uma parte orgânica, sem a qual já não imaginamos as nossas ruas e praças. Mas agora, com as restrições motivadas pela pandemia do novo coronavírus, os "street artists" perderam o local de trabalho e recolheram a casa. E é daí que planeiam um futuro - incerto, difuso e um pouco assustador. Mas que virá um dia, e por isso o trabalho continua.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG