Exclusivo

Tony Carreira: "Não era isto que me estava predestinado, a música mudou tudo"

Tony Carreira: "Não era isto que me estava predestinado, a música mudou tudo"

Jorge Pelicano propôs e Tony Carreira aceitou. O autor de "A vida que eu escolhi" acabara de anunciar uma inesperada pausa na sua carreira. Era final de 2017.

O realizador foi a sombra do cantor durante o ano seguinte. O resultado estreia hoje e chama-se apenas "Tony". É um documentário que olha para trás, para o início de tudo. É a narrativa sobre como Carreira, 55 anos, 30 de palcos, mais de 20 álbuns gravados, atingiu o estrelato. Há imagens inéditas dos primeiros passos em França e no Algarve dos anos 90. Há intimidade e há a única exigência que, conta o cantor ao JN, o próprio fez para não vetar a biografia: verdade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG