Programação

Vai haver um drive-in para música, cinema e comédia em Vilar de Mouros

Vai haver um drive-in para música, cinema e comédia em Vilar de Mouros

Festival de Vilar de Mouros transformado em "drive-in", concertos e espetáculos surpresa animam verão de Caminha

A Câmara de Caminha anunciou, esta quinta-feira, a sua programação cultural de verão, adaptada aos tempos de pandemia. Nos meses de julho, agosto e parte de setembro, estão previstos, entre 10 conjuntos diferentes de iniciativas, concertos e espetáculos com figuras da música e do stand-up comedy nacional, um drive-in no espaço e nas datas do festival de Vilar de Mouros, e até animação musical dos lares de terceira idade. "Em Caminha, a cultura não pode ficar confinada", resume o Presidente da Câmara, Miguel Alves, referindo que "é na música que temos as iniciativas mais importantes".

Uma das iniciativas de destaque será o programa "Village People", com oito concertos entre julho e setembro com lugares marcados nas duas vilas do concelho (Caminha e Vila Praia de Âncora): Tiago Bettencourt a cantar Bob Dylan, The Legendary Tigerman, Uxia, a banda do filme 'Variações', Daniel Pereira Cristo, Toy a cantar Elton John, e os artistas locais Natalia Camargo e Francisco Presa, e Elsa Gomes.

"Cultura de Rua", é outras das iniciativas programadas para os próximos dois meses e que de acordo com o autarca, prevê "30 momentos de rua, com artes circences, perfomance artística, magia, fogo-de-artificio, teatro, música, que acontecerão, em julho e agosto, em qualquer lado do concelho de Caminha, a qualquer hora". "O programa será conhecido à medida que os eventos tiverem lugar, para não promover o aglomerado de pessoas. Se marcarmos hora as pessoas vão atrás, assim são as iniciativas que vão atrás das pessoas às praias, à saída da missa, à hora do café e à esplanada, para as surpreender", explicou.

Nas datas do mítico festival de verão em Caminha a freguesia anfitriã receberá animação. "O drive-in de Vilar de Mouros acontecerá na semana que normalmente seria a do festival, no próprio recinto. Teremos uma programação, a divulgar em breve, com música ao vivo, DJ's, cinema, espetáculos para crianças e de stand-up comedy", adiantou, referindo que os horários serão "repartidos por final de tarde, noite e extra noite", revelou Miguel Alves, comentando que a organização do festival de Vilar de Mouros, é parceira nesta iniciativa.

Durante a época estival, uma biblioteca itinerante, instalada numa viatura 4L, rodará o concelho, principalmente praças, zonas turísticas e praias. Será ainda estreada uma peça de teatro "Caldo Verde" pelo grupo Krisalida, realizada uma exposição de arte de Pedro Cabrita Reis (Serralves), e organizados safaris fotográficos, passeios a cavalo e de barco, percursos pedestres temáticos, roteiros de tascas de Caminha a São João d'Arga. "A ideia é dispersar os turistas para além das praias e do Terreiro", afirma o autarca de Caminha, concluindo que as instituições de acolhimento de idosos não foram esquecidas este ano. "É um projeto que chamamos 'Lar Sustenido' com o qual vamos aos lares levar música popular em julho e agosto. Será experimental mas se a experiência correr bem prolongaremos para o resto do ano", disse.

Outras Notícias