Sugestões

Vinhos: Baga, a afirmação casta da Bairrada

Vinhos: Baga, a afirmação casta da Bairrada

Dois vinhos com identidade vincada que asseguram evolução na garrafa

Cada vez mais amada, cá dentro e lá fora, a casta Baga tem mostrado ser capaz de nos oferecer vinhos autênticos, complexos, repletos de individualidade e caráter. Não é de todo consensual mas tem mostrado aquilo que vale sobretudo quando cresce no "terroir" indicado. O clima atlântico da Bairrada e os seus solos de natureza argilo-calcária proporcionam vinhos únicos e inconfundíveis, ao mesmo tempo que favorecem a retenção de acidez natural, transmitindo frescura e mineralidade.

Ao longo dos últimos tempos, fruto do aquecimento global, esta casta de ciclo longo e que na Bairrada se encontra no limite norte geográfico onde a sua plena maturação é possível (característica transversal a outras castas e regiões do Mundo, nomeadamente a Pinot Noir na Borgonha e a Nebbiolo em Barolo), tem mostrado maior facilidade e regularidade na obtenção de uva sã e em perfeito estado de maturação aquando da vindima, deixando de ser aquela casta que nos brindava com apenas duas ou três grandes colheitas por década, passando a ser possível elaborar grandes vinhos ano após ano. Era a deixa que faltava para, através desta embaixadora, levarmos a Bairrada ao Mundo!

Nossa Calcário, Filipa Pato | Tinto, 2016 | PVP: 29,21 €

O primeiro vinho que sugiro é o Nossa Calcário, tinto 2016 de Filipa Pato, autêntico, repleto de elegância, cuja filosofia foi criar um vinho oriundo de vinhas velhas, que respeite a expressão da baga sem maquilhagem, através de técnicas ancestrais de vinificação e com mínimo de intervenção. Puro e complexo, com grande potencial de guarda.

Quinta das Bageiras | Reserva Tinto, 2017 | PVP: 9,50 €

A outra sugestão é o Quinta das Bageiras, reserva tinto 2017, de Mário Sérgio Nuno. Um vinho minimalista que exprime o terroir de onde nasceu. O perfil aromático puro, com boa concentração de fruta, e a estrutura, com acidez crocante acompanhada de taninos firmes e maduros, dá-nos uma prova agradável, cuja evolução em garrafa está garantida.

Todas os domingos, na edição impressa, o JN dá-lhe sugestões de Vinhos.


Outros Artigos Recomendados