Imagens

Últimas

Acusado de 10 crimes

Boaventura alegava ter milhões no estrangeiro para burlar empresários

O empresário de futebol César Boaventura, que foi detido pela Polícia Judiciária do Porto em dezembro de 2021 no âmbito da Operação Malapata, acaba de ser acusado de dez crimes de burla qualificada, falsificação de documento, fraude fiscal e branqueamento. O homem, que garantia ser próximo de Luís Filipe Vieira terá burlado empresários, prometendo-lhes retornos que nunca apareceram.