A lampreia está em romaria pelo país e ninguém vai querer perder

A lampreia está em romaria pelo país e ninguém vai querer perder
Produzido por:

A partir do mês de março, a palavra de ordem vai ser: lampreia. Esta iguaria vai estar em destaque em várias regiões do país e o difícil vai ser resistir a tanta oferta.

Ao longo do ano há uma série de festivais, romarias e convites para descobrir e petiscar tudo o que de mais variado há na gastronomia portuguesa. Para os mais exigentes, estes programas podem até incluir sugestões culturais e com uma componente mais ligada a animação, que convida a que estas degustações se prolonguem por um mês inteiro.

Mas chega o mês de março e as atenções viram-se para aquela que é considerada uma iguaria com tradição em Portugal: a lampreia. É neste mês que várias regiões, sobretudo a norte e centro, a elevam a rainha do cardápio, seja através de autênticos festivais, seja pela animação que é preparada.

Essas sugestões integram todas no Festival Gastronómico da Lampreia , uma revista onde fazemos o guia dos melhores destinos onde se leva o melhor desta espécie. Assim, para todos os apreciadores não só de gastronomia nacional mas também de viagens, de conhecer o país e tudo aquilo que há de costumes nacionais, passar por uma destas rotas torna-se imperdível. Seja à bordalesa, de cabidela ou acompanhada com arroz, a lampreia é muito apreciada pela sua versatilidade à mesa - a especialidade fica no segredo de cada localidade.

Assim, se pelo Minho já se caminha para 10ª edição de uma verdadeira festa. Pode também aproveitar o Rali à Lampreia, em Monção, que reúne a paixão gastronómica à paixão pelo desporto automóvel. Por Gondomar, o mote é semelhante: duas semanas do melhor da gastronomia naquele que é o "maior festival de sempre", onde também se inclui o sável.

Em Montemor-o-Velho, a viagem faz-se aos sabores do campo e do rio, com destaque para o arroz carolino a acompanhar a lampreia do Mondego. Pelo Sever do Vouga, os sabores genuínos estendem-se por mais de um mês onde também pode ir à descoberta do melhor do património natural, cultural e histórico.

Já em Tomar, o mês é todo ele também dedicado a este peixe e Barcelos aproveita para dividir as "7 maravilhas gastronómicas" do país por um ano inteiro. Março é também uma altura para descobrir os melhores espaços e restaurantes - e aqui falamos também de Monção, Ponte de Lima, Mértola, Mação ou até Esposende. Para além disso, pode descobrir outras curiosidades, como qual o número de espécies que existem em rios portugueses, o "passo a passo" até chegar à mesa ou até quais os períodos autorizados de pesca.

É um roteiro a não perder com tudo o que melhor se faz - e se cozinha -, deste que é um símbolo tão conhecido de Portugal.