A lenda que dá origem a uma festa

A lenda que dá origem a uma festa
Produzido por:

Portugal é um país feito de tradições. E todas elas começam com uma lenda. Sabe qual é a do Milagre das Cruzes?

De Norte a Sul, as tradições variam de região para região, tornando Portugal num misto de costumes, valores e festividades. Desde as romarias do Minho à apanha da espiga no Alentejo, todas as tradições portuguesas tornam este num dos países mais ricos culturalmente. Por isto, é também um dos países com mais turismo, seja nacional ou internacional.

Mas o que torna as tradições de Portugal ainda mais ricas, é o facto de que a maioria tem origem em lendas. Umas mais verdadeiras do que outras, são as lendas que fazem os costumes e que originam os valores.

Por exemplo, a primeira grande romaria do Minho, que é a Festa das Cruzes em Barcelos, tem a sua origem no Milagre das Cruzes. Esta é uma lenda com várias versões populares, tendo todas elas um dominador comum: o sapateiro barcelense, chamado João Pires. A lenda tem três versões: a de que o sapateiro teve a visão de uma cruz negra traçada na terra; outra de que surgiu uma cruz no chão e a figura de Jesus crucificado, num dia santificado em que o sapateiro trabalhava; e uma terceira de que a cruz apareceu depois de uma disputa entre o sapateiro e um fidalgo. Não sabe qual a lenda verdadeira, mas a realidade é que esta é uma das maiores festas de Portugal.

Com uma enorme tradição nas suas origens religiosa, etnográfica e cultural, que remonta ao século XVI, a Festas das Cruzes em Barcelos constituí a primeira grande romaria minhota, sendo um ponto de romagem de visitantes nacionais e internacionais. Com a batalha das flores, os tapetes de pétalas de flores naturais, os arcos de romaria, a feira franca, o parque de diversões e tantas outras tradicionais atividades, os vários dias de festividade estão sempre preenchidos. Também as noites reúnem várias pessoas no palco principal da festa devido ao cartaz com vários artistas conhecidos. No entanto, o ponto mais alto desta tradição é o dia consagrado ao Senhor do Bom Jesus da Cruz, que junta na cidade as 89 cruzes das 89 paróquias numa procissão única.

Para homenagear a região de Barcelos e para divulgar ainda mais esta tradição espetacular, que já dura desde 1500, a revista "Festa das Cruzes" dá a conhecer tudo o que necessita saber sobre a região e sobre a festa. Artigos sobre a festividade, sobre a lenda, sobre a educação e comércio da região e ainda o programa dos dias de festa, são o que vai encontrar nestas páginas. Com saída com o Jornal de Notícias impresso e em versão digital aqui no dia 25 de abril, participe também nesta que é a primeira grande romaria minhota e que dará início à época de festividades e de tradições por todo o Portugal.

Imobusiness