Brasil

Conca troca o Fluminense pelo futebol chinês

Conca troca o Fluminense pelo futebol chinês

O médio argentino Conca aceitou a proposta do Guangzhou Evergrande, da China, e deve fazer a última partida com a camisola do Fluminense esta quinta-feira, contra o Atlético Paranaense. Os chineses vão pagar cerca de oito milhões de euros pelos direitos económicos do craque do último "Brasileirão".

O último craque do Campeonato Brasileiro está muito próximo de deixar o país do futebol. Darío Conca, de 28 anos, aceitou a proposta do Guangzhou Evergrande, da China, e deve fazer a última partida com a camisola tricolor esta quinta-feira, contra o Atlético Paranaense, no Engenhão. Com o dinheiro da venda de Conca, avaliado em cerca de 19 milhões de reais (oito milhões de euros), o Fluminense deverá investir o dinheiro da negociação na aquisição de um centro de treinamentos.

Segundo o site "globoesporte.com", a proposta dos chineses para o argentino é considerada "irrecusável". Conca terá direito a carro, casa, empregada e passagens aéreas para a família.

O jogador vai manifestar-se apenas após o encontro desta noite, possivelmente para confirmar a transferência. No contrato de Conca com os chineses, uma cláusula garante a preferência ao Fluminense num possível regresso antecipado do argentino ao Brasil.

O argentino chegou ao emblema carioca em 2008. Desde então, disputou 209 jogos com a camisola do Fluminense, marcando 40 golos e sendo peça fulcral na conquista do título do Campeonato Brasileiro de 2010. No clube chinês, Conca terá a companhia dos brasileiros Paulão, ex-Grêmio, Muriqui, ex-Atlético Mineiro, e Renato Cajá, ex-Botafogo.

ver mais vídeos