Delas

Por que razão a maioria dos furacões tem nome de mulher?

Enquanto os Estados Unidos da América se preparam para enfrentar o furacão “Florence”, O furação “Helene”, mantém a trajetória de aproximação aos Açores, devendo atingir o arquipélago no sábado como tempestade tropical. Florence e Helene são mais uns entre os nomes maioritariamente femininos que é comum os cientistas usarem para designarem os furacões. E a explicação, segundo Koji Kuroiwa, chefe do programa de ciclones tropicais da Organização Meteorológica Mundial, é bem simples. Vem desde a Segunda Guerra Mundial, altura em que o exército norte-americano começou a batizar as tempestades com nomes de pessoas. "Eles preferiam escolher nomes das suas namoradas, […]

Para saber mais clique aqui: www.delas.pt