Exclusivo

Museu do F. C. Porto: tour até novembro com o dragão no símbolo

Museu do F. C. Porto: tour até novembro com o dragão no símbolo

A oitava edição dos passeios culturais do F. C. Porto, conduzidos pelo historiador Joel Cleto, arrancam no sábado, com um programa de visitas diversificado na cidade e no museu do clube, que se prolonga até novembro, e que este ano vai assinalar o centenário da introdução do dragão no emblema portista.

Com esse mote, as visitas vão revelar várias alusões aos dragões espalhados pela cidade, algumas mais evidentes que outras, para, segundo Joel Cleto, "perceber de que forma a cidade influenciou a história do F. C. Porto, mas também como a história do F. C. Porto influenciou a cidade". "A Rota do Dragão não está apenas centrada na história do F. C. Porto, mas é também um pretexto para se contar uma história que já vem antes do clube ter um dragão no seu emblema", partilhou com o JN o historiador.

Nesse encalço, a iniciativa vai também percorrer outros espaços que não apenas o centro da cidade, diversificando trajetos e, inclusive, cruzando o rio Douro até às margens de Vila Nova de Gaia. "O sucesso da Rota está na constatação dos participantes de que a relação clube-cidade é muito mais intensa do que se pensa. Surpreende a quantidade de dragões que existem no Porto, muito deles antes da fundação do próprio clube", acrescentou Joel Cleto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG