Rali de Portugal

A emoção do pai Rovanpera: "Nota-se bem nos meus olhos"

A emoção do pai Rovanpera: "Nota-se bem nos meus olhos"

A chegada do vencedor do Rali de Portugal 2022 à Exponor, quartel-general da prova, teve direito a um momento muito especial. Kalle tinha à sua espera o pai, Harri Rovanpera, também ele um antigo piloto de ralis. A frieza nórdica foi esquecida por instantes e a festa selou-se com um abraço sentido.

O mais jovem piloto de sempre a pontuar e vencer no Campeonato do Mundo de Rali é, a partir deste domingo, também o mais novo a conquistar o Rali de Portugal e, aos 21 anos, tem uma maturidade acima da média. Garantia de quem o conhece melhor do que ninguém.

"Ele lida muito bem com a pressão. É muito forte mentalmente, aliás sempre foi desde miúdo. Todos os pilotos sentem pressão, mas ele consegue ignorá-la quando se senta atrás do volante", garantiu Harri Rovanpera, que ganhou o Rali da Suécia em 2001, poucos meses depois de Kalle ter nascido.

"Não podia estar mais orgulho dele, é um grande talento e conseguiu uma vitória fenomenal. Para um pai é um momento emocionante a acaba sempre por cair uma lágrima ou outra. A emoção nota-se bem nos meus olhos", acrescentou o antigo piloto, que põe o pé no travão quando questionado sobre se Kalle pode vir a ser campeão mundial já este ano.

"É verdade que está a correr bem, com três vitórias consecutivas, mas a época é longa e é melhor continuar a pensar rali a rali. Ele vai fazer sempre o seu melhor, isso é certo", prometeu Harri Rovanpera enquanto via o filho a dar um sem número de entrevistas na zona mista da Exponor.

"Rali fantástico e com muita gente"

"Sabe muito muito bem ganhar aqui em Portugal. É um rali fantástico, tem sempre muita gente nas classificativas e o triunfo tem um significado ainda mais especial, porque abri a estrada na sexta-feira, o que é sempre complicado em provas com piso em terra batida", resumiu Kalle, sem meias palavras quanto aos 46 pontos de vantagem que tem em relação a Thierry Neuville no campeonato.

PUB

"A vantagem é grande e, honestamente, é uma surpresa. Ser campeão do Mundo este ano? Ui, ainda falta muito tempo, temos muitos ralis pela frente", lembrou, antes de partir rumo à marginal de Matosinhos para a cerimónia oficial do pódio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG