Exclusivo

A nova vida de Jorge Jesus: pés na areia e cabeça no Brasil

A nova vida de Jorge Jesus: pés na areia e cabeça no Brasil

Há um mês no desemprego, técnico já rejeitou ofertas de Inglaterra, Turquia e Rússia. Regressar ao Brasil permite-lhe estar mais perto de vir a ser o selecionador brasileiro.

Faz hoje um mês que Jorge Jesus saiu do Benfica e continua sem clube, mas o JN sabe que o técnico tem a expectativa de ainda voltar a trabalhar antes do final da época. O regresso ao Brasileirão, que arranca em abril, é uma hipótese que o treinador não descarta caso surja uma oportunidade proporcionada por um grande clube, embora o cenário só será concretizado se um dos técnicos no ativo fracassar durante os campeonatos estaduais.

A hipótese sul-americana permite ainda a Jorge Jesus manter o sonho de orientar a seleção canarinha, um objetivo que o treinador entende só ser possível de alcançar se regressar ao futebol brasileiro, após uma passagem coroada de sucesso no Flamengo. Mesmo assim, não admite voltar a qualquer preço e só aceita um clube de topo e capaz de lutar por títulos. O JN sabe ainda que Jorge Jesus está tranquilo e deseja, acima de tudo, esperar pela proposta certa no timing correto. Até ao momento, rejeitou ofertas de Inglaterra, Turquia, Rússia e do Médio Oriente. Conversou com o Corinthians, um dos grandes do futebol brasileiro, mas nunca chegou a qualquer princípio de entendimento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG