Futebol

Mercado de transferências fechado. O essencial das entradas e saídas

Mercado de transferências fechado. O essencial das entradas e saídas

Terminou o mercado de verão em Portugal. Numa janela de transferências bastante movimentada, há mudanças, entradas e saídas que vale a pena destacar.

Os três grandes apresentaram-se na linha da frente para a aquisição de novos reforços. No F. C. Porto, destaque para a chegada de Bazoer, médio holandês do Wolfsburgo, e de Jorge, proveniente do Mónaco, ambos por empréstimo. Também os defesas Militão e Mbemba prometem muito para o ataque à revalidação do título de campeão nacional por parte dos dragões.


No Benfica, Vlachodimos chegou para ganhar lugar na baliza encarnada, enquanto que Conti, Lema, Ebuehi e Yuri Ribeiro reforçaram a defesa. Alfa Semedo foi a alternativa encontrada para disputar o lugar com Fejsa e, na frente, Castillo e Ferreyra prometem muitos golos.

Relativamente ao Sporting o mercado esteve a ferver. Rui Patrício, William Carvalho, Podence e Rafael Leão abandonaram Alvalade alegando justa causa. No percurso inverso, destaque para o regresso de Nani ao clube que o formou, mas também para as aquisições de Raphinha, Bruno Gaspar, Marcelo e Viviano.

No que toca a mercado internacional, o deste ano ficará sem dúvida para a história. Foi nesta janela de transferências que o português Cristiano Ronaldo, eleito cinco vezes o melhor jogador do mundo, trocou o Real Madrid pela Juventus, numa transferência que custou 100 milhões de euros à "velha senhora". A transferência do jogador português não só foi a mais mediática, como também a que envolveu mais dinheiro a nível mundial.