Campeão olímpico

"A única maneira de agradecer a Portugal é com medalhas", diz Pichardo

"A única maneira de agradecer a Portugal é com medalhas", diz Pichardo

Dezenas de pessoas, entre familiares, amigos e fãs, receberam, esta segunda-feira à noite, em festa, o medalha de ouro de triplo salto, no aeroporto de Lisboa. Depois de garantir que "A Portuguesa" já é, há muito, o seu hino, deixou uma promessa: não pensa ficar por aqui.

De ouro ao peito, o atleta foi recebido com euforia por dezenas de adeptos e afirmou, depois de ouvir o hino nacional, que "a única maneira de agradecer ao país é com medalhas".

"É incrível, uma emoção muito grande. Sinto-me muito feliz que o povo português me tenha recebido desta maneira", começou por dizer Pedro Pablo Pichardo, já depois de abraçar a mãe, no aeroporto de Lisboa.

Em declarações aos jornalistas, o triplista reconheceu ainda que carregar a bandeira portuguesa "foi uma emoção, mas também uma responsabilidade". E deixou uma promessa. "Não penso ficar por aqui", frisou o quinto campeão olímpico nacional, assegurando que vai continuar a trabalhar para a conquista de mais medalhas.

De recordar que Pichardo voou 17 metros e 98 centímetros, batendo o recorde nacional que já lhe pertencia e fazendo a melhor marca mundial do ano.

"Todos acham que atingir aquela marca é fácil, mas foi preciso muito trabalho", reconheceu, não escondendo a felicidade pelo desempenho conseguido em Tóquio 2020.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG