Desporto

ABC nas meias-finais da Taça Challenge de andebol

ABC nas meias-finais da Taça Challenge de andebol

O ABC garantiu, este sábado, a presença nas meias-finais da Taça Challenge de andebol, ao bater o Käsipalloseura Riihimäen Cocks por 38-27, na segunda mão dos quartos de final, depois do triunfo na Finlândia por 27-22.

O conjunto bracarense, dotado de jogadores com mais técnica e velocidade, alcançou cedo uma vantagem confortável sobre a equipa da cidade de Riihimäki e controlou sempre a marcha do marcador até ao final.

Os minhotos entraram a "todo o gás" na partida, alcançando, logo nos primeiros 10 minutos, uma vantagem de quatro golos (7-3), graças às combinações na esquerda de Nuno Grilo e Fábio Antunes, que foi o melhor marcador bracarense na primeira parte, com cinco golos.

Após o ABC ter ampliado a vantagem para sete golos (10-3), aos 14 minutos, e dada a vantagem de cinco golos alcançada na primeira mão, Carlos Resende rodou a equipa quase por completo e permitiu uma ligeira aproximação do Cocks até ao intervalo (19-15), com destaque para o ponta-direita Roni Syrjälä, com quatro golos.

Com a 'espinha dorsal' da equipa de regresso no início do segundo tempo, o ABC voltou a aproveitar a maior valia técnica para disparar no marcador, alcançando uma vantagem de 10 golos (28-18) à passagem dos 40 minutos, com evidência para Nuno Grilo, no lado esquerdo, e David Tavares, no lado direito.

Com a eliminatória definitivamente decidida, a turma academista controlou tranquilamente o rumo dos acontecimentos até ao final do jogo, que terminou com um resultado de 38-27, tendo alinhado todos os elementos do plantel.

O ABC vai agora disputar com o Stord Handball, da Noruega, o acesso à final da Taça Challenge, que já disputou por uma vez, em 2004/2005, tendo sido derrotado pelo Wacker Thun, da Suíça.

PUB

Jogo no Pavilhão Flávio Sá Leite, em Braga.

ABC/UMinho: Humberto Gomes (gr), Carlos Martins (2), João Pinto (4), Pedro Seabra (3), Nuno Grilo (4), Fábio Antunes (7) e Ricardo Pesqueira (1). Jogaram ainda João Gonçalves (2), David Tavares (4), Hugo Rocha (2), Diogo Branquinho (3), Tomás Albuquerque (2), Nuno Rebelo (3), Bruno Dias (gr), Gabriel Massuca Teca (1) e Emanuel Ribeiro (gr). Treinador: Carlos Resende.

Käsipalloseura Riihimäen Cocks: Kiril Morozov (gr), Roni Syrjälä (4), Vitalie Nenita (5), Kristo Voika, Andrei Buciuman (4), Mykhaylo Krivchikov (2) e Robin Sjäman. Jogaram ainda Marius Lepp (5), Andreas Rönnberg (1), Kristian Jansson, Niko Leikama (4), Antti Rogenbaum, Jani Tuominen (2) e Yevgen Umovist (gr). Treinador: Kaj Kekki.

Sob a arbitragem dos italianos Marco Di Domenico e Lorenzo Fornasier, as equipas alinharam e marcaram:Marcha do marcador: 7-3 (10 minutos), 13-7 (20), 19-15 (intervalo), 28-18 (40), 32-23 (50) e 38-27 (resultado final). Ao intervalo: 19-15. Assistência: cerca de 1200 espetadores.

Outras Notícias